Aurora particular.

Por: Luma Cavalcanti

Todo dia a gente acorda com uma expectativa. A gente pega o metrô torcendo pra que um moço troque olhares com você e se apaixone pela sua cara de sono e seu cabelo desgrenhado, assim como você se apegou ao moletom e ao tênis velho dele. Ou que o livro na sua mão seja assunto com o cara ao seu lado que insiste nos livros de auto-ajuda. A gente sai de casa com a esperança de algo novo, que esse longo suportar no transporte público seja ao menos fruto de algo belo (ou interessante).

Mas a vida não traz.

Vai ser sempre assim.. todo dia você rezando pra acabar, torcendo pra mudar, pra que sua vida não seja um mero ir e vir.

E a vida traz.

Mas não no metrô, nem naquelas outras tantas possibilidades que sonhou.. traz naquele momento em que sua expectativa é zero, em que tudo se sustenta por um único pilar. Naqueles momentos em que tem a certeza que é a hora perfeita de simplesmente não ter ninguém na sua vida.

Mas aí simplesmente vai ter.

Vai ter um raio de sol pra te fazer sorrir, um amanhecer pra te completar. Ou talvez tenha alguém pra ser sua aurora  particular.

 

Em:

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s