O cata-vento

BXK14806_catavento800

Por: Anderson Estevan

Lá pelas bandas da Espanha, onde o vento faz a curva, há um grande moinho, um cata-vento gigante, que fornece energia aos aldeões de uma vila. Ele fica distante da cidade, onde ainda aferroam-se os cavalos e a água ainda é límpida.

É um daqueles lugares onde ainda podemos nos perder. Em volta do moinho, formado por pedras, madeira e muito suor, pessoas trabalham com seus burrinhos, crianças descansam nos campos e o sol brilha fortemente.

A grama em volta é baixinha, rasteira, de um verde vivo que impressiona. Normalmente o calor é grande, daqueles que chega a queimar na gente.

Rodeado por diversos caminhos, o tal moinho “cata-venta” a vida daquele povo e move suas ações. Naquele grande pedaço de grama verde, o vento bate como nos tempos de criança.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s