Sem Titulo

Imagem

Por: Ir” Guilherme Bm

Quero minha casa,
Minha pequenina e aconchegante casa,

Na encosta da colina verdejante,
Lá onde passei tanto tempo tranquilo,

A como me faz falta aquela relva,
Aquele cheiro de barro no fim da tarde,
As botas sempre sujas,
Meu cavalo sempre livre pelos campos,

Que falta me faz aquele plano,
Aquela gente que me sorria,

Que falta me faz poder amar alguém todo dia,
Ver o fumo escapar pelas chaminés altas de pedra,
O cheiro da comida sendo preparada por todos,

Aquela pequena vila onde aprendi a ser bom,
E agora aqui nesse lugar o que devo aprender,
Ou será que estou aqui para ensinar,
Será que essa gente é triste assim,
Ou será que já acostumaram-se com a dor,

A solidão das horas soltas nos ponteiros,
O andar rápido das pessoas pelas ruas,
E o correr dos atrasados,

Me falta paz me falta gente com alma,
Ai como tenho saudades daquela calma.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s