Por que ainda Brizola?

brizola

Por: Maurício Lahan Junior

“… o Povo olha para um dos poderes da Republica, que é o Congresso nacional, e ele diz NÃO, porque é um poder controlado por uma maioria de latifundiários, reacionários, privilegiados e de ibadianos. É um Congresso que não dará nada a mais ao povo brasileiro.”

Leonel Brizola, 13 de Março de 1964.

Essas palavras foram ditas no conhecido Comício das Reformas pelo então Deputado Federal pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) Leonel Brizola.
A questão aqui é “Por que ainda Brizola”? Por que após 50 anos ainda faz tanto sentido estas mesmas palavras? Não chego a pensar que estamos a beira de uma nova e longa noite de ditadura, mesmo que até então eles também não esperavam o mesmo, porém ainda sim me questiono: Até que ponto desenvolvemos nossa tão preciosa democracia? Até que ponto entendemos sobre democracia? E, o mais importante, o quanto aprendemos com o nosso passado?
Não pretendo aqui debater idéias e contra-pontos, pois acredito que o mais importante, no momento, é o auto questionamento.
E se tenho algo para dividir agora seria apenas o temor. O medo de aceitar que o título para esse pequeno texto não deveria ser “Por que ainda Brizola?” mas sim “Até quando, ainda, Brizola?“.

Anúncios

5 responses to “Por que ainda Brizola?

  1. Diante de tudo que temos vivido, diante de toda a classe política que aí está,mais certeza eu tenho de que a presença de Brizola é cada vez mais sentida, é cada vez mais atual. Brizola antevia, Brizola conhecia. Não há e, talvez nunca haverá outro político como ele…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s