14º andar

Anúncios

Eu sou Samhain

Symbols-of-Samhain-and-Halloween

“Quando o tecido sutil que separa as dimensões se torna mais fino não se pode classificar os mundos ao nosso redor como visíveis ou invisíveis. Está noite estaremos entre o Reino dos Vivos e dos Mortos.”

Muitas tradições pagãs e antigas usavam uma ferramenta chamada Roda do Ano para se orientar entre as mudanças dos ciclos naturais ao longo do Ano. Era uma especie de calendário que marcava tais passagens para que se pudesse ter ideia de quando seria necessário caçar, plantar, colher e etc. Pode-se fazer um paralelo com os meses do ano de nosso calendário ou com a nossa percepção de Estações – Primavera, Verão, Outono e Inverno.

Para celebrar as mudanças energéticas perceptíveis da Terra e assim se manterem em maior conexão com seus Deuses, os antigos começaram a ritualizar tais momentos de transição em 8 grandes festivais realizados nos Equinócios e Solstícios que são chamados de Sabbats.

Samhain é o primeiro Sabbat da Roda do Ano. Ele marca o incio do calendário dessas culturas antigas. Seu ideal é trazer o intuito de resguardo e preparação. Ele representa o momento da ultima colheita do ano antes do Inverno, é o ponto alto e forte do Outono.

Por isso quando ainda se celebra tal festividade nos dias atuais tentamos nos conectar com uma energia de preparação e introspecção.

Para o nosso universo pessoal esse momento deve ser resguardado para uma preparação interior, é o momento de pensar e se aprofundar pelo que passamos no restante do ano e já imaginar e separar quais sementes iremos plantar quando o próximo Inverno acabar.

Elementalmente falando é o Sabbat com a maior carga energética do Elemento Terra. Logo é um momento para finalizar e materializar aquilo que estava se desenvolvendo em outros momentos do ano.

Este Sabbat como é ligado ao fim – do ultimo ano – e recomeço – do novo ano – é também o momento astral onde o tecido que separa os mundos fica mais fino. É quando o universo da carne e o plano astral acaba praticamente se misturando e logo nossa intuição e percepção se tornam mais aflorada. Por tal motivo esse é um bom momento para fazer conexões com suas forças ancestrais, contato com os mortos, experimentar magias de Oráculo e todo e qualquer processo de limpeza.

Samhain é o momento do ano para olharmos dentro de nós e tomarmos a decisão de Sacrificar o necessário. Por isso devemos tentar ao máximo abrir nossos olhos interiores e astrais para perceber o que neste momento se torna mais evidente e que geralmente se esconde com mais facilidade em outros momentos do ano. Olhe para si… Veja o que é necessário ser limpo, ceifado de sua vida e tenha coragem para faze-lo. Se conecte com aquilo que for essencial e verdadeiro. Prepare-se, pois logo será inverno.