Marta entra pra fazer história! Mas não foi a que todo o mundo esperava.

Marta

Ja viu o nosso insta? @CrimeSemCastigo

Hoje foi mais um dia na agenda da copa do mundo de futebol Feminino e em especial, para os brasileiros que estão acompanhando, havia uma expectativa grande para a partida entre Brasil e Austrália. Isso por que teríamos a oportunidade de ver Marta  estrear na copa.

A Camisa 10 do Brasil dispensa apresentações para quem conhece ao menos o minimo do futebol de nossas mulheres. Está participando de sua quinta copa do Mundo além disto foi 6 vezes considera a melhor jogadora do Mundo pela fifa e coleciona várias bolas e chuteiras de Ouro recebidas por diversos campeonatos, porém este jogo seria sua oportunidade para mais um marco histórico em sua carreira como jogadora, mas não o que todos esperavam.

Antes da Partida, Marta colecionava um numero total de 15 Gols em copas do Mundo. Estava em segundo lugar como maior artilheira da história da competição, igualada a Ronaldo e atrás apenas de Klose (atacante alemão). Muito provavelmente, ao longo do campeonato, Marta irá ultrapassar o Atacante alemão, pois no jogo de hoje conseguiu marcar o seu décimo sexto! Também conquistou o titulo de ser a unica a marcar em 5 copas diferentes. Bom, resumindo, ela é foda.

A questão em especial não foi em si suas conquistas pessoais mas o que na minha opinião devemos considerar como histórico seja sua postura pela luta de igualdade seja dentro ou fora do campo.

O gesto que Marta fez após o gol (foto acima) ao apontar para sua chuteira representa sua luta por igualdade de gênero no esporte. A chuteira que ela está usando não possui nenhum patrocínio, além de apresentar um sinal de “=” na cor Rosa. Acontece que desde de 2018 a nossa artilheira está sem nenhum patrocínio de material esportivo. Houve novas propostas e até mesmo renovação de contratos, mas todos foram recusados pela atleta justamente por serem ofertas em valores muito menores do que o comum para outros jogadores equivalentes a ela mas do universo masculino do futebol.

Marta é uma das 5 embaixadoras da ONU Mulheres e representa o simbolo de luta pela igualdade de gêneros no esporte. Acredito que ver a copa do Mundo de futebol feminina sendo transmitida ao vivo com cobertura tanto da Rede Globo quanto da TV Bandeirantes é fruto da luta de sua causa. Esperamos mesmo que a desigualdade no esporte seja cada vez menor e que não fique na disputa apenas dos milhões que um ou uma atleta possa receber mas que também o apoio possa alcançar as jovens meninas para que elas tenham apoio para acreditar em um futuro diferente, num mundo onde o esporte possa fazer a diferença tanto para eles quanto para elas de forma muito mais ampla.

Só uma coisinha, parece que surgiu uma paginas ai com o simbolo que a marta está usando na foto. Simplesmente brotou na internet e não sei se são paginas oficiais da jogadora ou apenas uma galera que soube aproveitar o momento para bombar nas redes. Por tal motivo vou deixar imagens aqui sem os famosos créditos.

Bjs e sigam a gente la no insta! See ya ~~ (:

62123882_671365113268902_422059739693174958_n(1)

Anúncios

11 responses to “Marta entra pra fazer história! Mas não foi a que todo o mundo esperava.

  1. Agora já são 17, e já é a maior artilheira. Seria muito legal se a seleção conseguisse ganhar essa Copa, mesmo elas não sendo as favoritas.

  2. obrigado por seguir o Vida Rica.
    sobre essa questão da marca, é uma questão de mercado: quem tem mais visibilidade atrai mais dinheiro. É por isso que no futebol, homens ganham mais, enquanto as mulheres são muito melhor remuneradas no mercado da moda, por exemplo.

    • Isso! Realmente é verdade. E a sociedade acaba batendo cabeças na discussão de que “é por machismo” ou é “puro capitalismo”? A questão é que os dois casos se implicam. É obvio que o Neymar ganha mais por que acaba gerando mais retorno a marca que o patrocina, porém é justamente por vivermos numa cultura machista que um simbolo masculino tem mais propensão a gerar esse lucro as marcas e ao consumo.

  3. outra coisa que me veio a cabeça: num podcast sobre basquete (esse aqui, recomendo, é muito bom http://www.central3.com.br/na-era-do-garrafao-13-sue-bird/), falam que não dá pra comparar a NBA com a WNBA, pq a liga feminina é muito mais recente do que a liga masculina. Acho que dá pra fazer o mesmo paralelo com o futebol: o masculino tem mais de 100 anos, e o feminino é bem mais recente. Como eram os salários e condições dos jogadores lá na década de 1910 ou 1920? Acho que o erro das pessoas é comparar esportes que estão em linhas do tempo diferentes. Seria a mesma coisa que cobrar que a liga brasileira de futebol americano tivesse tanto dinheiro quanto a NFL.

  4. A Marta está na luta por todas as meninas que não tiveram a mesma oportunidade de jogar quanto os meninos, não foram tão estimuladas a praticar esportes, não recebem a mesma visibilidade,… não é só uma luta para receber um salário mais alto. Tenho muita admiração pelo que ela faz e representa hoje em dia. É fácil uma mulher se posicionar como feminista, agora empoderar mulheres e fazer elas se questionarem é um processo árduo. E olha só… ela domina essa situação com a mesma maestria que ela joga! 😉

    • Sim verdade. E vai além. Sua posição na ONU é pelo esporte feminino, o que abrange além do futebol. Em referência a falta de estímulo para o esporte feminino, eu tbm acredito que o problema vai além. As mulheres não sofreram apenas com falta de investimento ou incentivo. Mas sofreram e sofrem com uma cultura que não somente quer barrar mulheres mas sim retroceder os avanços conquistados ao longo do tempo.

      • Exemplos disso tem em todas as áreas… pense na área da computação/TI: em grande parte foram as mulheres que criaram os sistemas e codificavam (ou descodificavam) eles. Quem levou a fama? Homens, pois inovaram nas máquinas. O patriarcado e toda essa questão de gênero sempre tentou fazer a mulher se sentir inferior, tanto que ao longo do tempo mulheres “além do seu tempo” – e feministas a sua forma – eram taxadas até de bruxas.
        Acho que está no papel de todos desmitificar isso e tentar aos poucos dar chances igualitárias.
        Adorei a reflexão bacana que teu post gerou!
        Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.