Creep – II

When you were here before
Couldn’t look you in the eyes
You’re just like an angel
Your skin makes me cry

You float like a feather
In a beautiful world
I wish I was special
You’re so fucking special

But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here

I don’t care if it hurts
I wanna have control
I wanna a perfect body
I wanna a perfect soul

I want you to notice
When I’m not around
You’re so fucking special
I wish I was special

But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here

She’s running out the door
She’s running out
She run, run, run, run
Run

Whatever makes you happy
Whatever you want
You’re so fucking special
I wish I was special

But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here
I don’t belong here…

Anúncios

Creep

creep

Eu recostei a cabeça em seu colo, enquanto me esticava no sofá da sala. A televisão, centrada na parede, tocava diversas musicas, uma playlist em shuffle mas seguindo uma certa linha de ritmos na qual eu não faço a minima ideia de como é pré definida.

“When you were here before
Couldn’t look you in the eyes
You’re just like an angel
Your skin makes me cry”

Sentia seus dedos passando delicadamente pelos fios da minha barba, o seu olhar fixo nos meus olhos, de cima para baixo. Um rosto sereno e pouco expressivo, me deixava apreensivo por não saber o que se passava em sua cabeça.

“You float like a feather
In a beautiful world
I wish I was special
You’re so fucking special”

Eu te devolvi o carinho, com caricias em seu rosto, te olhando de baixo pra cima, deixando que meus dedos desenhassem as bordas da sua orelha. Com uma voz tímida comecei a cantar Creep do Radiohead – era o que passava na TV – fazendo daquele momento o meu desabafo.

“But I’m a creep
I’m a weirdo
What the hell am I doing here?
I don’t belong here”

Ela não entendia muito de inglês e por isso não soube do que a musica se tratava. Eu disse todas as palavras que precisava sem, ao mesmo tempo, dizer nada.

No fim da noite, na cama e com todas as letras, disse-me: Eu já pensei em desistir tantas vezes.

Talvez ela saiba desabafar melhor do que eu.

 

Apesar de Você

Sem temer

Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu

Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar
O perdão

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros, juro
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Este samba no escuro

Você que inventou a tristeza
Ora, tenha a fineza
De desinventar
Você vai pagar e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal
Lá lá lá lá laiá

8 Anos sem Michael

michael

Há 8 anos neste mesmo 25 de Junho em 2009 o Rei do Pop estava nos deixando. A luzes de sua arte, roupa e voz, que o tornavam uma Estrela da Musica, agora brilhavam novamente no em retorno ao Universo.

Infelizmente eu não posso me considerar um fã de Michael Jackson. Mesmo adorando suas músicas eu fui ter contato de verdade com elas apenas após a repercussão de sua morte. Na época dos anos 2000 eu era focado em um momento “Rock Adolescente Retardado” dos mais variados e tinha um pré conceito babaca com a música pop. Foi a partir de Michael que comecei a apreciar até mesmo Madonna e outros estilos de música (não que seja um paralelo que faça sentido mas acho que da pra entender a ideia haha).

Hoje vou deixar aqui 8 músicas, das que mais gosto, como uma playlist pra curtir o Domingo com Michael (:

I Want You Back!

Não da pra começar uma lista de Michael sem I Want you Back. Essa é sem sombra de dúvidas, segundo minha opinião própria – que não tem valor nenhum -, a música mais famosa antes da carreira solo. Quando se fala de Jackson 5 é sempre a primeira – e muitas vezes a única – musica que vem a cabeça.

Beat It!

Beat it é uma das minhas favoritas. Esse estilo de guerras entre gangs me faz lembrar de The Warriors e a batida dessa música é sensacional haha

Thriller

O modelo de vídeo clips existe na história de duas formas: Antes de Thriller e depois de Thriller. Essa fantástica obra prima é divertida e emocionante. A letra é envolvente e FODA! Perfeita mistura de musica com temáticas geniais. Essa ligação de fazer o Clipe ter um sentido ligado a música, contando uma história é praticamente revolucionário para a forma de se fazer música. Uma genialidade de Michael que inspirou toda a geração posterior a Thriller.

Smooth Criminal

Se vamos falar de vídeo Clipes e histórias não podemos esquecer de Smooth Criminal! Esse foi na minha humilde opinião o clipe mais bem feito e trabalhado na carreira de Michael. Além de claro ser a cena de um filme sensacional que foi Moonwalker. Tem algo mais genial do que você ser um Extraterrestre que defende crianças de um traficante de drogas com a mágica da música e da dança?

Black or White

Chegamos a essa maravilha dos anos 90. O maior single daquela década! Black or White veio como uma forma de enfrentar as discussões que a mídia fazia sobre a mudança da cor de pele de Michael. O Hit explodiu e se tornou a segunda maior obra do autor. O clipe é fantástico com reviravoltas nas batidas e no ritmo. Além de fazer uma mistura de  Macaulay Culkin, Africa, Japão, a guitarra do Slash e os Simpsons.

They Don’t Care About Us

“Michael! Michael, eles não ligam para a gente!”. They don’t care about us tem a intenção de falar sobre injustiças sociais e até aquele toquezinho de que o Sistema não se importa com a gente – obviamente é minha interpretação que possa gerar um monte de mimi mas não me importa. A parte fascinante neste clipe é ver o Rei do Pop usando a camiseta do Olorum! Um clipe gravado no Brasil com uma banda que representa um traço cultural maravilhoso de nosso país, com seu som de batidas incorporados como a base da música. É apresentar a Bahia para o mundo! Dizem que a parte legal é que o Olorum nada tem haver com o estilo das musicas e o pop Michael, mas é ai que eu vejo o contrario. Michael não tinha um estilo pré definido. Ele se re-inventava!

We Are The World

A penúltima que irei postar é We are the World. Essa música tem um peso e uma importância diferenciada. Ela foi idealizada com o intuito de criar um projeto de arrecadação de verba para o combate a fome na África. Foram convidados dezenas de artistas da musica Norte Americana em evidencia na época para grava-la e criar um álbum de único single. Parece que bateu mais de 50 milhões de Dólares arrecadados. O titulo da música ja diz muito sobre o sentido de sua criação e é carregado de um sentimento social de nos identificarmos uns com os outros e tentarmos ao máximo desfazer nossas fronteiras.

Billie Jean

Chegamos a última das 8 músicas que selecionei para o dia de hoje e obviamente não poderia ser outra não é? Billie Jean foi o maior Sucesso de Michael! Uma musica que conquistou diversos prêmios em muitos países na década de 80. Foi o primeiro clipe de um artista Negro que passou na MTV e levou o Álbum Thriller a se tornar um dos maiores álbuns da história da música no mundo. O vídeo que selecionei não é o vídeo clipe oficial mas é conhecido por ser a apresentação onde Michael estreou seu “MoonWalker“, sua marca registrada.

 

E aqui chega o fim desse post enorme mas muiitoo maravilhoso (:
Eu gostaria de ter postado mais cedo para todo mundo passar o dia ouvindo Michael, mas não rolou ):
Espero que ainda de tempo de curtir o domingo ouvindo o Rei do Pop ❤

Take a shot in the rain

mechanical-bull-W320

Tirei uma pequena barra de chocolate do bolso de meu moletom amarelo e preto. Abri facilmente a embalagem e comecei a mastigar aquele pedaço borrachudo.
Cobri a cabeça com a touca do agasalho quando senti os primeiros respingos da garoa. Acomodei os fones de ouvido e guardei o celular no bolso da calça. A musica alta ajudava com o foco da minha atenção.

“Take a shot in the rain”

Ao longe uma menina caminhava em paralelo sem me perceber. Ela me dá apetite de luta.
Vestindo uma saia preta curta com meias longas escuras por baixo, uma camiseta vermelha e uma jaqueta jeans por cima. Cabelos negros, um corte até a altura dos ombros com uma franja na frente.
Ela não passava dos 1,75 de altura. Um corpo de curvas leves, magro e delicado. Talvez fosse um desenho.

“Wait for me”

Eu vi uma foto sua na frente do espelho. Estava escondendo o rosto mas deixava escapar o sorriso no reflexo. Olhos ao chão, levantava com leveza a perna, um passo de bailarina. Estendia o braço direito para baixo e o esquerdo ao alto, mas suas mãos estavam soltas, talvez imaginando um par para guia-las.
Aquela foto em preto e branco, colorida pelo seu sorriso.

“it’s all better now”

As vezes tu virava o rosto enquanto caminhava, no momento em que me percebeu lhe ofereci um riso sem jeito, em troca levantou as sobrancelhas e apertou os lábios como quem dá um “Olá” educado a um estranho de forma simpática.
Você me parecia tão sozinha. Eu queria poder ajudar. Talvez tenha te assustado.

“Gonna be who I am”

O melhor que posso fazer é te olhar por ai.