George W. Trump

trump

1 míssil Tomahawk deve custar em média 1,6 Milhão de Dólares. Se pensarmos que foram lançados uns 60 da um total de 96 Milhões de Dólares gastos.
Esse valor salvou um total de 0 pessoas e ainda matou cerca de 10 civis no ataque a Síria segundo a Folha.

Esses quase 100 milhoes de dolares investidos no combate a fome salvaria muito mais vidas do que aquelas que foram mortas no ataque quimico que ocorreu a alguns dias atras.
Não que eu defenda as atitudes de Assad.
Mas é que esse papinho de que os EUA é o pai do mundo e da palmada em quem sai da linha para dar educação não me desce goela abaixo.

É obviamente claro que atitudes monstruosas e desumanas de Assad devem ser colocadas em pauta e em debates mundiais. Mesmo o governo Russo defendendo que Assad não tenha relação ao ataque que matou cerca de 80 Pessoas e que a Síria não possui armas químicas, ainda sim o mundo precisa estar atento ao que pode acontecer.

Mas isso não justifica o Estados Unidos da América decidir que tem soberania mundial para tomar, qualquer que seja, uma medida de punição a um estado soberano. Hoje a justificativa é um ataque químico amanhã será um golpe de estado “necessário”.
E não pensem que eles precisam de uma justificativa plausível como um ataque Químico, a história não nos deixa esquecer o que foi a cruel operação Condor que derrubou governos latino americanos e instaurou cruéis Ditaduras em toda a América durante o governo Kennedy.

A atitude apenas criou mais tensões no Oriente Médio, na situação especifica da Síria e nas relações internacionais com a Russia. Putin na manhã seguinte alertou para uma justificativa falsa que foram os motivos que levaram a ação militar, algo que também a história nos faz lembrar quando o então presidente George W. Bush junto ao exercito britânico iniciou uma caçada a Saddam Hussein e que foi confirmado pelo Governo Inglês a farsa na justificativa das ações militares anos depois.

A questão aqui é: Quem disse que os EUA tem autonomia global para decidir quem deve ou não ser punido?
Quantas foram as vezes que eles puniram o Estado de Israel pela sua força militar opressora no oriente médio? E quem vai punir os EUA caso Trump faça alguma merda?

A Operação Condor na América nos anos 70… Operação Gladio na Itália dos Anos 90… A caçada a Saddam Hussein nos anos 2000…
Se tu pensa que Trump se importa com as crianças mortas no ataque químico é bom abrir os olhos.

E sobre a ONU? Ahhh a Gloriosa ONU. EUA toma uma atitude militar Global sem ao menos debater o assunto nas Nações Unidas e os lideres Europeus o aplaudem! A ONU se tornou uma piada Luxuosa.

Caderno de Capa Vermelha

book

Caderno Vermelho,
De capa dura,
Textura Macia
Como teu Cabelo Trançado

Em noite de Magia
Uma fogueira acessa
Vi Olhos finos
Fixos na chama
Com um Sorriso
Te convidei
Coloquei na minha estante

Cheio de conteúdo
Tantas teorias
Palavras sem fim

Muitas histórias
Quero Escrever em ti
Tantas outras
Desejo apenas ouvir

No inicio da manhã
Preguiça
Começo da tarde almoço
Alimento de energias
Com vinho claro
Uma Troca de experiencias
Sabores feitos de letras

Vermelho
Como o topo de sua cabeça
E o calor na suas bochechas
O mais bonito caderno
Eu encontrei no Outono.

Universo que não Percebemos (1)

Homem_Universo

Eu venho estudando tradições herméticas a algum tempo. A base de grande parte dos fundamentos do Hermetismo está em reconhecer o ser como centro do universo e entender de forma essencial a nossa relação com o mesmo.

Por tal motivo vou escrever uma série de textos falando sobre alguns insights ou ideias sobre nossa relação com o resto do mundo sutil que por muitas vezes não percebemos.

A Ajuda que pedimos e não queremos receber.

Muitas são as vezes que nós perguntamos “por que isso acontece comigo”, “por que eu não consigo encontrar a pessoa certa”, “por que estou tao sozinho(a)”, “por que não posso confiar em ninguém” etc etc.

Obviamente é comum precisarmos de apoio, não vou ser daqueles que diz que tudo está bem na nossa cara e não vemos ou que é simples ser feliz pois isso apenas depende de nós. Minha ideia é chamar a atenção para algo um pouco mais sutil.

Toda ação gera uma reação e até mesmo um pedido de ajuda ao Universo, Deus, Santo ou seja o que for que você reconheça como uma força ou energia sutil, gera uma resposta. Muitas são as vezes em que pedimos alguém que possa entender quem somos e que esteja disposta a ouvir nossas dificuldades por exemplo e não há nada de mal nisto, mas temos que estar bem atentos a resposta de nosso Universo pessoal. Não são raras as vezes em que pessoas entram em nosso mundo e não as percebemos. Deixamos escapar a oportunidade de criar síntese e laços fortes pois simplesmente ignoramos aquele individuo ou oportunidade que nos é colocada a disposição.

Talvez a pessoa certa para te ajudar a enfrentar uma fase difícil na vida, ou para lhe oferecer um bom conselho, ou disposta a apenas ouvir com carinho sobre seus problemas está bem ao seu lado e acabamos nem percebendo isso.

O Vicio de Criar Problemas como Intermédio.

Ao me esforçar para olhar dentro de mim, comecei a receber respostas sobre meus questionamentos. O processo foi bem simples, apenas me permiti em um momento de silencio e calmaria perguntar a mim mesmo “por que não tenho com quem falar?” e a resposta foi a imagem de uma pessoa em minha cabeça no mesmo instante!

A questão em especial que percebi foi: a pessoa que surgiu em minha cabeça não era exatamente quem eu queria como resposta.
Assim entendi que meu problema não era ter com quem falar mas sim não ter a atenção de certa pessoa X ou Y. Por causa disso assimilei que tinha uma visão injusta do meu universo no qual existiam pessoas que poderiam estar ao meu lado mas que eu ignorava por outros motivos Egoístas.

Tenha visão para novas possibilidades.

A melhor forma de se conectar com o universo e as energias sutis é se desapegar de pré conceitos ou pré escolhas. Deixar se levar de forma aberta a novas possibilidades. Tente criar novas relações com quem você não acredita ser possível e abra espaço para conhecer melhor aquela pessoa X ou Y que você mantem afastada. Escute com mais atenção seu interior e tenha certeza de que não está se enganando ou se sabotando no processo.

Assuma quando seu desejo for infantil e não tente buscar meios e subterfúgios para justifica-lo como correto. Viva mais a sua essência e tente ao máximo extrair o que de melhor as pessoas ao seu redor possam te oferecer sem julga-las previamente.

 

O Texto ficou bem pequeno para nao ser cansativo, mas espero que seja um gatilho para uma reflexão mais aprofundada sobre o tema haha

– I See Ya In Anotha Life, Brotha !

Sobre o vazio numa multidão

xx

Por: Mauricio Lahan Junior

Como havia dito no ultimo post, acredito que vou tentar mudar o tom do blog para algo mais pessoal.

No ultimo dia 31 participei de uma das tantas manifestações concentradas na Avenida Paulista em São Paulo. O intuito era de manifestar a opinião de uma boa parte da população contra a reforma da previdência.

De certa forma o movimento foi intenso. Muitas pessoas concentradas em prol de algo que acreditavam ser justo. Porém quero falar sobre alguns detalhes.

Parece que a mobilização se tornou algo comum e rotineiro. Isso fez com que o Ato fosse “meio mole”, e tranquilo demais. Parece, que cada vez mais, tal mobilização está se tornando um simples encontro ou “rolê”. Isso é prejudicial. Até mesmo a ausência da PM pode ser encarada de forma ruim. Se não houve repressão por parte do estado isso talvez implique que não há incomodo nenhum pela nossa mobilização.

Parece realmente estranho afirmar isso mas é irritante não perceber o movimento de repressão policial, pois não houve apoio e participação dos mesmos em prol do protesto.
Logo esse contexto me faz refletir que algo certo ocorreu (ou seja não houve repressão) mas pelos motivos errados (não estão se incomodando).

É repetitivo afirmar isso, mas quero deixar bem claro e evidente. Toda ação deve gerar uma reação. O sentimento que nos deixa é de um exercito de pessoas mobilizadas em uma guerra contra um castelo de muralhas fortificadas, paredes protegendo um núcleo onde a classe politica e empresarial festeja com todas as suas reformas. É como se o Estado maior estivesse tão bem protegido contra os interesses populares que não precisam tomar nenhuma atitude caso haja aprovação ou negação social referente a qualquer tomada de decisão.

Sinto como se toda aquela multidão estando ou não ali presente não afeta em nada o rumo politico do país no contexto atual. Não podemos nos acostumar ou deixar que caia numa rotina tais manifestações. Se não há impacto direto nas decisões parlamentares do País então devemos mudar de estratégia e concentrar nossas energias para movimentos e atos eficiente que possam trazer novos resultados.

Guilherme Boulos garantiu que se não houvesse retrocesso na decisão federal para barrar a reforma da previdência os movimentos organizados estarão prontos para avançar como segundo ele “na desobediência civil”. Espero que a população perceba o quanto antes e esteja disposta a se unir e entender o quanto é importante lutar contra tantos processos retrógrados, sendo a previdência o primeiro de muitos, para que no futuro possamos barrar e enfrentar a patética reforma trabalhista da terceirização irrestrita e do novo modelo, fadado ao fracasso, do Ensino publico brasileiro.

A Raposa e a Coruja – Revivendo um Blog

coruja-e-raposa-49489374

Em um fim de tarde as escuras, enquanto a floresta começava a adormecer, uma raposa esgueirava-se ligeira por entre a mata baixa. Sem perceber, acabava de tempos em tempos circulando a mesma arvore.

Sobre um galho alto, uma Coruja recém desperta observava a movimentação das folhagens que a raposa causava. A constante agitação sem direção especifica irritava o estático pássaro noturno.

– De que lhe adianta correr e correr se você não consegue ver para onde está indo e nem entender a floresta ao seu redor?

A raposa, de forma brusca, parou e somente neste momento percebeu que estava sendo observada pela coruja.

– Eu sigo meu instinto e olfato. De que lhe adianta poder ver como tudo na floresta funciona ai de cima se você não pode sentir tudo que acontece aqui embaixo?

Tanto a Raposa quanto a Coruja permaneceram por um longo tempo se observando. Até entenderem o verdadeiro plano da Natureza.


Foi um longo período afastado do Blog. No começo ele não criava muito movimento, mas com o tempo percebi que para se ter uma pagina é preciso cuidar, cultivar e aprender a trocar essa experiencia com outros blogueiros.

Eu consegui fazer o Crime Sem Castigo se desenvolver e gerar uma boa quantidade de troca com muitas pessoas, talvez por perceber que eu era capaz de faze-lo acabei me exaurindo de escrever. Muitas vezes olhamos para aquilo que criamos e fazemos criticas mais duras a nós mesmos do que deveríamos, talvez seja uma forma de auto culpa por outros erros que acabamos expressando de forma errada.

A intenção do Blog era escrever poesia e cronica. Porém tudo necessita se adaptar e mudar, afinal tudo aquilo que na natureza não muda morre. Por tal motivo vou tentar abordar um novo modelo, tendo uma variedade maior sobre “o que escrever”. Espero conseguir fazer o Crime sem Castigo crescer e se desenvolver novamente e para tanto desejo que este espaço possa fazer sentido para todos os futuros leitores (:

Que assim seja, assim será e assim é!

Tatiane

unnamed.png

Hoje
Ao descansar das ruas
Quando apenas as criaturas noturnas estavam despertas
Recorro ao colar em meu pescoço.

Das diversas cores
Foi o branco que levei aos lábios
Rogando perdão pelo azedume amargo no peito.

Da espada julgadora em mãos
Me vi transtornado, confuso em lamentação.

Pois triste é aquele que se permite fazer do Amor a raiva.
Esquece tudo em que acredita
E se perde por mal dizeres.

Faz de si acusador
Perdendo o calor do colo
Carinho que outrora sempre soube oferecer.

Injusto é o sentimento
Que te faz errado por te-lo direito de sentir.